Imposto de renda online

Imposto de renda online: saiba aqui como declarar

Uma vez ao ano, você precisa prestar contas à Receita Federal sobre os seus ganhos e despesas durante o ano anterior. O problema é que muita gente acha que esse processo é complicado demais e vai deixando para depois. Mas você já pensou em declarar o imposto de renda online?

Hoje, você pode fazer a declaração por conta própria, no seu computador ou até pelo celular. Então não há motivo para ficar adiando essa tarefa tão importante!

Vamos ver agora como funciona a declaração de imposto de renda pela internet para Pessoas Físicas. Acompanhe:

Para que serve a declaração do imposto de renda?

No Imposto de Renda para Pessoa Física (IRPF), você deve declarar tudo o que recebeu, o que possuía e o que pagou no ano anterior.

Assim, a Receita Federal pode conferir se, durante o ano, você pagou mais ou menos impostos do que deveria e se deve receber uma restituição ou pagar a diferença.

Basicamente, é para isso que serve a declaração do imposto de renda: ajustar o pagamento dos impostos devidos no ano anterior. Aliás, oficialmente ela se chama Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, você sabia?

Como declarar imposto de renda online para pessoa física?

Para fazer a declaração, o próprio contribuinte pode preencher os formulários pela internet e transmitir os dados à Receita. O imposto de renda online pode ser declarado de três formas:

– Por um computador, ao baixar o Programa Gerador da Declaração (PGD) IRPF 2018, disponível para todos os sistemas operacionais;

– Por dispositivos móveis (tablets e smartphones), ao baixar o aplicativo “Meu Imposto de Renda”, disponível para sistemas Android e iOS;

– Por um computador, ao acessar o serviço “Meu Imposto de Renda” no site da Receita Federal, mediante uso de certificado digital para o acesso.

Para todas essas opções, o contribuinte deve fazer o preenchimento com base nos dados informados nos comprovantes de rendimentos (salário, pensão etc.) e de pagamentos (plano de saúde, escola etc.), que devem ser enviados pelas empresas antes do início do prazo da declaração.

Dicas para preencher a declaração corretamente

Se você se sentir um pouco perdido para declarar o imposto de renda online, tanto o programa quanto o aplicativo contém uma série de orientações para realizar o preenchimento corretamente.

Mas agora, para facilitar a sua tarefa, vamos destacar algumas etapas que costumam gerar mais dúvidas durante a declaração do imposto de renda online. Confira:

– Ao iniciar a declaração, você pode optar por importar dados do ano anterior (faça isso no início, pois a importação substitui qualquer dado já preenchido). Quem está fazendo pela primeira vez deve criar uma nova declaração.

–  Na aba de Dependentes, você deve preencher as informações dos seus filhos de até 21 anos (ou 24, se ainda estiverem estudando) ou filhos incapazes. Também é possível incluir irmãos, netos, bisnetos etc., caso você tenha a guarda judicial deles. Para crianças a partir de 8 anos, é obrigatório informar o CPF.

– A aba Alimentandos deve ser preenchida por quem paga pensão alimentícia a outra pessoa, conforme ordem judicial.

– Na aba de Rendimentos de Tributos Recebidos de Pessoa Jurídica, você deve informar o que recebeu de todas as empresas em que você trabalhou (fontes pagadoras), independentemente de quanto tempo.

– Na aba de Rendimentos de Tributos Recebidos de Pessoa Física ou do Exterior, você deve preencher caso receba pagamentos de aluguéis, pensões, do exterior ou outros pagamentos de pessoas físicas.

– Mais adiante, nos Pagamentos Efetuados, você deve descrever todas as despesas com saúde (médicos, dentistas, psicólogos, hospitais, exames etc.) e educação (somente do ensino regular brasileiro).

– Em Dívidas e Ônus Reais, informe ao governo tudo o que você deve. É importante ressaltar que financiamento de imóvel não entra aqui, pois ele não pertence a você até que seja quitado.

– Ao final do preenchimento do imposto de renda online, você pode escolher o modelo simplificado, que desconta 20% dos rendimentos tributáveis (até o limite de R$ 16.754,34), ou completo, que inclui todas as deduções legais. Na dúvida, o próprio programa indica qual é a opção mais favorável.

– A ficha de resumo da declaração informa se há saldo de imposto a pagar ou a restituir. No caso de pagamento, o contribuinte pode escolher o número de quotas, além de optar por emissão de Darf ou débito automático. Já para receber a restituição, ele deve apenas informar seus dados bancários.

Agora que você já viu as nossas dicas sobre a declaração do imposto de renda online, não deixe para última hora!

Em 2018, o período para apresentar a declaração vai de 1º de março até 30 de abril. Neste link do site da Receita, você pode conferir todas as instruções sobre o IRPF 2018.

Como explicamos, você pode declarar o imposto de renda online por conta própria. Porém, é natural que algumas dúvidas surjam, e você não se sinta confiante para fazer tudo sozinho.

Então, saiba que você sempre pode contar com a ajuda de um contador para declarar o imposto de renda.

Assim, você terá mais segurança de não perder nenhum prazo e não cair na malha fina por algum erro ou descuido no preenchimento.

Pronto: agora já pode parar de adiar a declaração! A Contabilivre pode te ajudar com o imposto de renda online, você terá um time de contadores prontos para te auxiliar. Fale conosco!