precificação

Precificação: saiba como calcular o preço do seu serviço

A precificação de produtos ou serviços é um elemento fundamental para o seu negócio. Afinal, definir o preço do que você oferece é um dos primeiros passos para que o seu lucro e crescimento estejam garantidos!

Além disso, saber precificar adequadamente é um diferencial no mercado. Pois dessa forma, você pode calcular qual o valor mínimo de um produto e descobrir, por exemplo, quanto de desconto deve oferecer aos seus clientes. E claro, também é possível acompanhar a saúde financeira do seu estabelecimento!

Se você é um Microempreendedor Individual (MEI), possui uma Microempresa (ME) ou uma Empresa de Pequena Porte (EPP) e precisa entender os fatores que implicam no custo e nas despesas do seu produto, esse texto é para você!

Confira o que a Contabilivre preparou sobre precificação e, assim, aplique a estratégia no seu negócio. Acompanhe a seguir! 

Qual a diferença entre preço e valor? 

Saber a diferença entre “preço” e “valor” vai te ajudar a entender melhor o processo de precificação e como os métodos são baseados. Apesar de usarmos os dois termos como sinônimos, eles apresentam sentidos diferentes. 

Preço é um número e está ligado ao dinheiro, por exemplo, mil reais. Já o valor é quanto o seu cliente está disposto a desembolsar pelo seu serviço ou produto. Ele não está relacionado ao dinheiro e sim a percepção que o cliente tem acerca do que você oferece. 

Para um tenista, por exemplo, uma raquete de tênis é essencial para treinar e competir. Provavelmente, ele está disposto a pagar mais por esse material do que uma pessoa que nunca praticou o esporte, já que, para o tenista, uma raquete tem um valor maior. 

Essa premissa parte da percepção de cada um, ou seja, é subjetivo, diferentemente do preço que é objetivo

O que é precificação?

Precificação é o processo usado para definir preços de produtos ou serviços garantindo o lucro de um estabelecimento. Parece simples, mas esse cálculo possui algumas variações que você deve se atentar!

O primeiro ponto é que essa precificação pode ser realizada com base no valor que o produto tem para o cliente, na concorrência, no volume de compra ou na época do ano, por exemplo.

Além disso, outro ponto para se atentar é a margem de lucro. A falta de cuidado com o índice pode trazer um falso sentimento de que está tudo certo com o negócio! Por isso, alertamos: o faturamento indo bem não significa que o seu lucro está bom!

Vamos te ajudar a entender! O dono de restaurante que possui açaí no cardápio, compra o litro do açaí de seu fabricante por R$ 10,00 e vende a mesma quantidade por R$ 15,00. 

O empreendedor pode achar que o seu lucro é R$5. Contudo, não é bem assim! Na precificação temos que colocar os custos e as despesas que esse pequeno empresário teve até o açaí chegar ao cliente. 

É preciso incluir quanto ele gastou no pote, na colher, do tempo de trabalho para montar o produto e por aí vai. Adicionando esses elementos, seu cálculo de precificação estaria fundamentado no custo. 

Por isso, a precificação deve ser um momento de muita atenção para o seu negócio!

Mas, afinal, como precificar meus serviços e produtos? 

Antes de sair estipulando o preço dos seus produtos, é preciso analisar gastos e despesas que a sua empresa possui para se manter em atividade. 

Confira os custos operacionais, como gastos com aluguel, funcionários, equipamentos, energia e internet. Não se esqueça de incluir os custos do produto, como valor da embalagem e outros utensílios. 

Além disso, não podemos esquecer de levar em consideração o regime tributário que a sua empresa se encontra. Afinal, os tributos fazem parte das despesas do seu negócio.

Precisa de ajuda para descobrir seu regime tributário? Fale com a nossa equipe de contadores e descubra! 

Empresas online  também têm custos de operação. Se você é dono de um e-commerce, por exemplo, é preciso colocar no “papel” os gastos com marketing digital, com frete e com a plataforma (caso tenha um site). 

Quais os métodos de precificação?

Baseado no custo

A precificação baseada no custo pode ser feita a partir da fórmula do índice Markup. O Método consiste em apurar o custo do produto (tributos e logística),  identificar as despesas  fixas (aluguel, funcionário e internet) e as despesas variáveis (comissões e impostos do produto). Além disso, você deve selecionar a porcentagem do lucro que deseja. 

Confira o exemplo de um produto com custo de R$ 100, uma despesa fixa de 15%, uma despesa variável de 10% e um lucro de 20%. Vale destacar que as despesas fixas e variáveis e a margem de lucro devem estar em porcentagem. 

Completando os valores na fórmula de Markup temos: 

PV = custo/ 1-(DF% -DV% -Lucro%)

PV = 100/ 1-(0,15-0,10-0,20) 

PV = 100/ 1-0,45

PV= 100/ 0,55 = 181,81 

Sendo R$ 181, 81 o preço de venda que cobre o custo do produto e as despesas e resulta em um lucro de 20%. 

Não sabe como calcular o custo de produção da sua empresa? Esse artigo pode te ajudar!

A dificuldade que você pode encontrar nesse método é definir a margem de lucro de cada mercadoria ou serviço. 

Em algumas situações, o empreendedor pode estipular uma margem muito alta em relação aos concorrentes ou uma quantia muito baixa que não demonstre valor para o consumidor.

Mas fique tranquilo, caso você tenha dificuldade em escolher sua margem de lucro, outro método de precificação pode te ajudar! 

Baseado na concorrência

Como o nome indica, a precificação baseada na concorrência consiste em investigar os preços de produtos ou de prestadores do mesmo serviço. 

Esse método também pode ser usado para calcular a margem de lucro dos seus concorrentes, assim, você pode se basear nos concorrentes para não fugir muito do preço padrão do seu segmento.

Baseado na demanda

Na precificação baseada na demanda, você deve considerar o consumidor para definir o preço da sua mercadoria. Questões, como: “qual a percepção de valor o cliente tem em relação ao meu serviço?” e “quanto eles estão dispostos a pagar pelo produto que eu ofereço?” devem ser respondidas. 

Além da qualidade do produto, o atendimento da empresa, a reputação da mercadoria, a confiabilidade e o nome no mercado são levados em conta para chegar a um preço final. 

O procedimento, no entanto, traz como dificuldade o ajuste do preço do serviço, fica difícil mensurar até quanto o consumidor está determinado a pagar por um bom atendimento ou uma instalação de primeira, por exemplo. 

E o desconto?

Oferecer desconto é uma ótima forma de atrair clientes ao seu negócio e fidelizar o público. Porém, é preciso ter cuidado para não abaixar muito o preço de determinadas mercadorias e sair no prejuízo. 

A promoção deve ser calculada com base na margem de lucro. Dessa forma, o desconto deve ter uma porcentagem menor do que a margem inicial. 

Lembra do exemplo que demos acerca do produto que custa R$ 181,81? A margem de lucro desse material era de 20%, se você usar uma margem de 15%, a mercadoria sairá por R$ 166,60. Nesse caso, tanto o consumidor quanto você saem ganhando. 

Qual a importância da precificação?

Definir o preço dos serviços e mercadorias é imprescindível para o sucesso e a permanência da sua empresa no mercado.

Como você pode perceber, há diferentes formas de precificar. Análise qual melhor maneira de calcular seus produtos ou serviços e aproveite para colocar em prática tudo o que aprendeu com esse artigo. E não esqueça de lembrar do valor que seu serviço ou produto tem para o consumidor. 

Agora que você já sabe como fazer seu negócio alcançar uma boa saúde financeira, que tal  colocar a contabilidade e as responsabilidades fiscais da sua empresa em dia? Conheça a Contabilivre e saiba como podemos te ajudar!

botão para contato dos tipos de regime tributário
Pessoa digitando em um notebook sobre uma mesa branca.

O que faz um escritório de contabilidade online?

Não é mais possível pensar em um mundo sem internet e dispositivos conectados. A digitalização do mundo acelerou o ritmo da vida e obrigou as empresas a adotarem processos de transformação digital. Estes processos ocorrem em diversos setores, inclusive na contabilidade. Pensando nisso, a Contabilivre preparou esse conteúdo para que você saiba o que faz um escritório de contabilidade online, confira!

Leia Mais