cinco pessoas unindo suas mãos em símbolo de união do lado esquerdo, no lado direito há um espaço em azul escrito: "Empreendedorismo, motivação e liderança: entenda como deixar a equipe empenhada!"

Empreendedorismo, motivação e liderança: entenda como deixar a equipe empenhada!

Empreendedorismo, motivação e liderança são termos que ganharam repercussão nos últimos anos e também podem ser entendidos como habilidades que devem ser aprimoradas para o desenvolvimento do negócio.

Empreender, motivar e liderar são ações que podem ser trabalhadas e, assim, auxiliam no progresso externo e interno da empresa. Quanto mais elas são praticadas com o tempo, mais são aprimoradas. 

Para entender sobre empreendedorismo, motivação e liderança, e como desenvolver e colocar em prática essas habilidades, nós preparamos um artigo exclusivo. Confira!

Semelhanças entre o empreendedorismo e a liderança

Empreendedorismo, motivação e liderança são termos que apresentam características interessantes e válidas de serem estudadas e desenvolvidas. Para entendê-las melhor, vamos nos atentar às semelhanças entre um empreendedor e um líder.

Os dois papéis apresentam posições de poder, mas têm desenvolvimentos e finalidades distintas. Enquanto o empreendedor tem autoridade por causa do conhecimento sobre a empresa/projeto, o líder recebe essa posição por causa da sua capacidade de cooperação e empatia com a equipe.

Assim, podemos entender que ambos têm como função guiar e impulsionar as pessoas. A junção das características de um empreendedor (conhecimento) e de um líder (inspiração) pode gerar bons resultados, visto que, o engajamento e a motivação dos colaboradores está diretamente relacionado com o sucesso da empresa.

Empreendedorismo

O empreendedorismo é uma qualidade ou até capacidade que uma pessoa tem para identificar problemas, oportunidades e desenvolver soluções que impactam o cotidiano das pessoas.

Essas soluções podem ser projetos ou até mesmo um negócio que seja inovador e ofereça mudanças positivas para a sociedade. Podemos entender, então, que o empreendedorismo está associado com a inovação.

Portanto, uma pessoa com perfil empreendedor é quem consegue enxergar problemas e oportunidades que ninguém tinha visto. E, com isso, criar novas ideias que podem influenciar em melhorias no âmbito externo do negócio.

Caso você queira saber mais sobre empreendedorismo e como a contabilidade pode ajudar o seu negócio, nós temos um artigo sobre.

Motivação

Enquanto o empreendedorismo diz respeito ao ambiente externo, ou seja, identificação de oportunidades com foco em soluções para os clientes, a motivação é sobre a equipe em si, o ambiente interno do negócio. Dentro da dinâmica organizacional, é importante que os colaboradores estejam motivados e em busca de um objetivo comum

A motivação dentro do ambiente de trabalho está relacionada com o engajamento e o desejo de cumprir metas e atingir objetivos. Quanto mais motivado um profissional está em uma empresa, maiores são as chances dele se manter na equipe.

Além disso, ao ser motivado com frequência, o colaborador apresenta mais empenho em seu exercício e, consequentemente, mais produtividade. Desta forma, a motivação organizacional, promovida pela empresa, é fundamental para que a equipe se mantenha em alta por bastante tempo, e o negócio obtenha resultados satisfatórios. 

Liderança

Já a liderança envolve diversos aspectos como a motivação dos colaboradores, o alcance de resultados, a resolução de problemas, entre outras responsabilidades. Ou seja, a presença de um líder não se limita a uma posição executiva, ela é mais abrangente. 

Uma das funções do líder é a tomada de decisões que podem afetar a empresa e, consequentemente, os colaboradores. 

Considerado um dos livros mais importantes sobre liderança, intitulado O Monge e o Executivo, de James C. Hunter, podemos compreender a essência de liderança.

De maneira resumida, a narrativa comenta que o exercício maior de um líder é prestar ações para os liderados, nas palavras do próprio autor é o mesmo que servir a sua equipe. E, para isso, é preciso ser colaborativo e cooperativo.  

Qual o papel do líder?

O papel do líder envolve a motivação dos liderados e as ações colaborativas que cooperam com as tarefas da equipe. Além de guiar as pessoas e fornecer ferramentas, ou meios, que são necessários para o obter resultados e alcançar os objetivos esperados

A ideia de um líder requer um contexto que apresente uma hierarquia horizontal, ou seja, com espaço para diálogos e debate de escolhas. Diferente do entendimento de chefe, que apresenta uma posição autoritária que não condiz mais com as empresas modernas.

Inclusive, segundo Donald H. McGannon, importante empreendedor norte-americano, a liderança é uma ação e não uma posição. Isso significa que ser líder não é o mesmo que ter um dom, mas sim desenvolver habilidades de liderança. 

Por fim, ser um líder requer diversas responsabilidades como, por exemplo:

  • oferecer feedbacks, avaliando o trabalho dos colaboradores e apontar as melhorias;  
  • dar méritos, reconhecimento os pontos positivos e bom trabalho da equipe; 
  • ser atuante e possuir objetivos claros;
  • delegar demandas e/ou pedir auxílio dos seus liderados, quando necessário, e
  • estar sempre atualizado e ser um exemplo a ser seguido.

Como motivar a equipe? Técnicas de motivação e liderança

Existem técnicas de motivação e liderança para que a equipe fique empenhada em suas demandas. Uma delas é a definição de missão e objetivos da empresa. Isso porque, com estes pontos estabelecidos, o líder poderá traçar estratégias para engajar a equipe e juntos alinharem seu papel e contribuição para o futuro do negócio. 

mesa de madeira com quatro notebooks, alguns cadernos, celulares e copos de café em cima, há pessoas estendendo o braço, com as mãos fechadas em punho, esticando para a mesma direção, simbolizando união de equipe
 Caso você queira saber a respeito da automotivação,
nós temos um artigo sobre o tema

Outras técnicas tão importantes como a que citamos, é a valorização do colaborador e comunicação eficaz, que vamos explicar melhor a seguir.

Conheça a comunicação assertiva!

A comunicação assertiva tem como objetivo um comportamento transparente, claro e pacífico. Isso significa que esse tipo de diálogo acontece sem expressões agressivas e ofensas, mesmo em situações em que há opiniões diferentes umas das outras. 

Em outras palavras, é a capacidade de expressar ideias e ouvir opiniões distintas de uma maneira aberta e respeitosa. Para que isso aconteça, é preciso que seja estimulado uma cultura organizacional que esteja voltada para ações empáticas e colaborativas.

A importância da comunicação assertiva dentro das organizações é a redução de conflitos dentro da equipe. Um grupo de pessoas que esteja em sintonia e compartilhe sinergia tende a ser mais empenhado e, com isso, produtivo. 

Além disso, quando há uma comunicação assertiva e eficiente, as pessoas ficam na mesma página e, assim, conseguem desenvolver mais os objetivos estabelecidos. Para conseguir desenvolver essa técnica, nós separamos algumas dicas práticas: 

  1. Seja objetivo, claro, conciso e honesto,
  2. saiba dizer não com empatia e  
  3. saiba receber e dar avaliações ou feedbacks.

Uma das formas de desenvolver comunicação assertiva é buscando entender a escuta ativa. Essa outra técnica também pode ser aplicada em uma empresa e, com isso, conseguir motivar cada vez mais os colaboradores envolvidos no negócio. 

Entenda sobre escuta ativa

A escuta ativa é uma forma de melhorar relacionamentos, sejam eles com clientes ou entre os colaboradores. Isso porque a forma como você se comunica, ou seja, fala com as pessoas, têm muita relação com o que é escutado. 


Essa habilidade de comunicação pressupõe a prática, como o próprio nome já diz, de uma escuta total do que está sendo dito. E não apenas ouvir de maneira passiva.

Os princípios da escuta ativa envolvem a empatia, também trabalhada na comunicação assertiva, perguntas e validação do que é dito. Para colocar em prática essa técnica, é preciso seguir alguns passos, como:

  1. evitar distrações durante a conversa;
  2. não ser seletivo ao ouvir o outro; 
  3. não interromper; 
  4. ouvir e observar com atenção;
  5. fazer perguntas pertinentes e de interesse do próximo e
  6. validar o que foi conversado no final.

Com esses seis passos, é possível praticar a escuta ativa, e com isso, líder (es) e colaboradores podem desenvolver habilidades comunicativas, o que inclui a comunicação assertiva. 

Em resumo…

Para motivar a equipe, é válido que o líder desenvolva  o papel de uma pessoa proativa, empática, honesta e presente com os colaboradores e a empresa. Com isso, a probabilidade da equipe se manter engajada e empenhada é maior. 

Desta forma, uma boa liderança e a motivação da equipe são pontos-chaves para o desenvolvimento e crescimento de um negócio. Eles podem auxiliar a empresa tanto internamente quanto em contato com os clientes. 

Agora que você já sabe como deixar a equipe empenhada, saiba como desburocratizar processos, gerando economia e agilidade com a contabilidade online!



equipe engajada

Como deixar a equipe engajada? Confira 4 dicas para colocar em prática

Ter uma equipe engajada é fundamental para o sucesso da empresa. Afinal, colaboradores motivados tem uma alta produtividade, possuem objetivos bem estruturados e estão comprometidos em alcançar as metas da organização

Com a competitividade do mercado, mais do que nunca, o comprometimento e as atitudes dos colaboradores estão ligados ao crescimento da empresa. Mas sabemos que manter os talentos motivados nem sempre é uma tarefa fácil e isso pode ser um desafio para as lideranças.

Por isso, a Contabilivre preparou um conteúdo com dicas para que as lideranças da empresa consigam deixar sua equipe engajada. Acompanhe! 

Como deixar a equipe engajada? 

O ser humano, naturalmente, quer fazer parte de um propósito. Como podemos perceber, as pessoas se engajam em coisas que têm valor para elas, pode ser uma causa social, por exemplo, ou um projeto pessoal. 

O engajamento está relacionado à intensidade em que os colaboradores estão envolvidos e entusiasmados com as atividades profissionais desempenhadas dentro de uma organização. É importante entender que essa relação é emocional e, para conseguir comprometer as pessoas, é preciso mexer com a emoção delas

Sendo assim, se você quer que seus colaboradores se comprometam e permaneçam motivados, é preciso, antes de mais nada, oferecer uma missão na qual sua equipe possa fazer parte da transformação e se sentir realizada com as conquistas alcançadas.

Para se manter motivado, o colaborador deve encontrar, na organização, um projeto com oportunidade de crescimento, com missão e objetivos definidos para que, assim, o trabalho possa ser feito com compromisso. 

Mas como conseguir tudo isso? Confira alguns insights que podem te ajudar! 

Defina a missão e os objetivos da sua empresa 

Você já parou para pensar quais as causas que a sua organização defende? Empresas de todos os portes, especialmente as que estão nascendo ou micro e pequenas, precisam definir a missão e os objetivos. 

Isso porque, com esses pontos estabelecidos, o empreendedor e o colaborador são capazes de entender o papel do seu trabalho na sociedade e no futuro da empresa. Assim, o dono do negócio, além de estruturar a direção estratégica da organização, consegue engajar sua equipe

Como definir a missão e os objetivos da sua empresa?

O primeiro passo para definir a missão e os objetivos da sua empresa é responder às seguintes perguntas

  1. Qual o principal benefício que sua organização oferece ao seu público-alvo? 
  2. Na sua opinião, qual o diferencial competitivo que distingue os serviços ou produtos de outras organizações do seu ramo?
  3. Seus colaboradores se identificam com os interesses da organização? 

Em seguida, elabore uma frase curta que transmita essas respostas. É muito importante que as questões definidas façam parte do dia a dia da organização. 

Outro ponto crucial é que seus colaboradores se identifiquem com a missão e os objetivos da empresa. Tendo em vista que uma equipe caminhando em prol de um mesmo propósito apresenta mais vontade de alcançar os objetivos

E se a sua empresa não apresenta objetivos e missão definidos é muito difícil que os colaboradores entendam o propósito do trabalho. Agora te perguntamos: qual a missão da sua empresa?

equipe engajada
Saiba algumas formas de deixar sua equipe engajada

Valorize seu colaborador 

Valorizar o colaborador vai muito além de oferecer um bom salário, isso é, a empresa precisa investir em seus talentos continuamente. Essa valorização pode ser demonstrada de diversas formas e até elogios depois de um bom trabalho, podem fazer a diferença. Afinal, reconhecer o empenho do colaborador é fundamental para manter a equipe motivada

Realizar eventos de confraternização, treinamentos e palestras motivacionais também são maneiras de valorizar os profissionais. Assim, eles podem ver que a empresa investe neles, e não apenas tira a capacidade de trabalho. E é claro, você pode adaptar as ações de acordo com a realidade e tamanho da sua empresa.

Independente do quadro de funcionários da sua organização, não esqueça de reservar um tempo para agradecer quem colabora diariamente com o seu negócio

Comunicação eficaz 

É muito importante ter em mente a seguinte concepção: você não vai conseguir gerenciar segredos. Para que você consiga envolver sua equipe, mantenha uma comunicação eficaz, sempre se certificando de que os colaboradores entenderam o que você quis informar.

Outro ponto fundamental é conseguir realizar reuniões na medida certa. Em momentos de imprevistos e dificuldades, tente chegar nesses encontros com algumas possíveis soluções para serem debatidas. 

É essencial também criar um espaço no qual eles possam se expressar dando oportunidade para   participarem do diálogo que busca resolver os problemas. É importante que as opiniões deles sejam ouvidas. 

Dessa forma, os profissionais percebem que, de fato, fazem parte da organização. E não se esqueça: um bom líder assume as responsabilidades quando necessário.

Modele os processos do seu negócio

A modelagem de processos é um recurso usado para entender os fluxos de trabalho da empresa. Por meio da atividade, é possível analisar falhas e problemas dos processos organizacionais para, assim, melhorar e simplificar as tarefas dos colaboradores.

Pense bem, quando todas as tarefas estão alinhadas, as demandas são divididas de forma correta, não sobrecarregando nenhum profissional. Além disso, ao modelar os processos, algumas tarefas desnecessárias podem ser eliminadas da rotina operacional, diminuindo, assim, o cansaço físico e mental dos seus colaboradores.

Dessa forma, os profissionais tendem a alcançar melhores níveis de produtividade, podem alinhar metas e ter mais comprometimento no trabalho. 

Importância de uma equipe engajada 

Note que, com colaboradores engajados, o seu negócio pode ir além de fabricar e vender um produto ou disponibilizar um serviço. Mas sim, oferecer soluções aos seus clientes. Para isso, o trabalho precisa ser mais do que uma fonte de renda, precisa ser um local agradável e de realização pessoal e profissional.

Ter uma equipe engajada é ter um time que põe esforço e comprometimento nas ações desempenhadas dentro da organização, independente do tamanho da empresa. Vibra junto aos empresários e “veste a camisa”. 

Sabemos que sozinho não dá para ir muito longe, se você tem uma equipe, não deixe de envolvê-las. Faça os colaboradores trabalharem em prol do mesmo objetivo, descubra como eles podem se identificar com o propósito da organização. 

Quanto maior for o engajamento dos profissionais, maior será o comprometimento com o sucesso da empresa e com os resultados positivos.

Agora que você já sabe como deixar sua equipe engajada e ter sucesso no gerenciamento do seu negócio, aproveite para simplificar a rotina contábil da sua empresa com a Contabilivre! 

botão para contato para o que é previsão de demanda